Costurando o Futuro chega a mais 200 empreendedores no Paraná

Participam desta edição moradores da Região Metropolitana de Curitiba (PR)
Publicado em

No segundo semestre de 2018, o projeto Costurando o Futuro está capacitando mais 200 empreendedores em costura, design e empreendedorismo. A grande maioria é de mulheres. Nessa edição, a iniciativa acontece em cidades da Região Metropolitana de Curitiba (PR), com atividades presenciais em cinco municípios: Rio Negro (incluindo participantes de Campo do Tenente), Mandirituba (com empreendedores de Quitandinha), Lapa (incluindo Contenda), Agudos do Sul e Piraquara.

O projeto é realizado pelo Governo do Estado do Paraná, Volkswagen do Brasil e Aliança Empreendedora, em parceria com a Academia Burda e a Badu Design. Além disso, conta com o acompanhamento técnico da Fundação Volkswagen. Na etapa anterior, outras 200 mulheres foram formadas na região de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná.

“A indicação dos municípios vem da própria Secretaria Estadual da Família e Desenvolvimento Social (SEDS), com apoio dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Assim, conseguimos uma seleção muito focada em quem precisa e tem realmente interesse em empreender na área de costura”, avaliou Crisfanny Soares, coordenadora da Aliança Empreendedora. A conclusão das formações está prevista para o início de dezembro. “Para muitos deles, concluir o curso é ter seu primeiro diploma”, revelou.

Costurando o Futuro

O Costurando o Futuro é uma iniciativa criada pela Fundação Volkswagen para articular e compartilhar conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento de empreendedores em corte e costura. O projeto surgiu na região do ABCD Paulista, envolvendo os municípios de Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Caetano do Sul (SP) e Diadema (SP), e na capital.

Parte dos produtos é feita com materiais doados pelo Grupo Volkswagen e seus fornecedores (uniformes e tecidos automotivos), que deixaram de ser descartados. Pela técnica do upcycling, que transforma resíduos em produtos de qualidade, o ciclo de vida dos materiais é ampliado, contribuindo para a sustentabilidade do planeta.

Além da formação para o empreendedorismo, os participantes são capacitados em corte e costura, em parceria com a Academia Burda, e design artesanal, módulo oferecido pela Badu Design e com foco no reaproveitamento de tecidos e outros materiais para o artesanato voltado à sustentabilidade.

Ao longo das capacitações, os empreendedores do Paraná são convidados a participar de um desafio – o concurso Meu Negócio é Costura – e apresentar ideias de negócios e protótipos de produtos. Os melhores projetos receberão uma máquina de costura idêntica à utilizada no curso, além de materiais e mentoria. Além da formação presencial, a Aliança Empreendedora oferece curso online, com conteúdo que envolvem precificação e canais de venda, entre outros.

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras