Diversa Presencial 2019 finaliza as formações em São Paulo

No encontro, os educadores relataram as transformações observadas ao longo do desenvolvimento do projeto
Publicado em

No dia 10 de setembro, aconteceu no CIVI-CO – Polo de Inovação Social, em São Paulo (SP), o último encontro do Diversa Presencial em 2019. Realizada em parceria com o Instituto Rodrigo Mendes, a iniciativa oferece formação em serviço para profissionais envolvidos com o processo de escolarização de estudantes público-alvo da educação especial em escolas comuns. Por meio de parcerias com secretarias municipais de educação, tem como objetivo contribuir na ampliação de conhecimentos sobre educação inclusiva a partir de situações reais e desafiadoras escolhidas pelos próprios participantes.

“A inclusão de pessoas com deficiência é uma das causas abraçadas pela Fundação Volkswagen. Educar para uma sociedade verdadeiramente inclusiva significa compreender uma realidade complexa, tendo a certeza de que a educação é um direito universal de todos. O Diversa Presencial é um dos projetos apoiados por nós e agradecemos por mais um ano desta parceria iniciada em 2017”, celebrou Sheila Viana, analista de responsabilidade social da FVW, na abertura do encontro.

“As questões educacionais estão presentes em todos os lugares, no Brasil e fora dele. A parceria com a Fundação Volkswagen permitiu uma grande virada no projeto: pudemos pensar no monitoramento, na continuidade, na ampliação do diálogo e do suporte às cidades participantes. Mais do que isso, possibilitou trabalharmos no âmbito de políticas públicas. Juntos fazemos melhor do que separados!”, enfatizou Liliane Garcez, Gerente de Programas do Instituto Rodrigo Mendes.

As situações desafiadoras trazidas pelos educadores foram o destaque do dia. Os representantes dos municípios paulistas do Guarujá, Santa Branca, São Roque, Suzano e Taubaté apresentaram os casos selecionados no início das formações, em abril, e relataram as transformações observadas ao longo do desenvolvimento do projeto, sobretudo a mudança de olhar em relação aos alunos com deficiência. Além disso, as cidades de Cotia, Nova Odessa e São Caetano do Sul também estiveram presentes e compartilharam suas experiências. Os municípios passaram pelas formações presenciais no ano anterior e foram, em 2019, apoiados para a implantação de políticas públicas inclusivas em suas redes de ensino.

Visita ao Museu de Arte Moderna de SP

A formação que antecedeu ao último encontro do Diversa Presencial também foi um momento marcante. Em 27 de agosto, os educadores visitaram o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP) e, além das atividades formativas do projeto que aconteceram no espaço, foram guiados pela mostra “36º Panorama da Arte Brasileira: Sertão”. A exposição reúne artistas e coletivos para compartilhar estratégias de resistência e modelos de experimentação a partir de suas histórias e está em cartaz até 15 de novembro. Para mais informações, acesse o site do Museu. Além disso, ocorreu uma intervenção artística de alunos de uma escola pública de Suzano (SP), município participante do Diversa Presencial 2019. O tema foi o papel do educação.

 

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras