Fundação VW participa da Jornada Pedagógica da cidade de São Paulo

Foram realizadas palestras e oficinas para educadores sobre o projeto Brincar
Publicado em
Carla Mauch, coordenadora-geral da Mais Diferenças, parceira da Fundação Volkswagen

No dia 28 de junho, aconteceu a Jornada Pedagógica da Educação Infantil de São Paulo (SP). O evento formativo envolveu, simultaneamente, mais de 67 mil educadores das redes direta, indireta e parceira, com foco no currículo, em todas as regiões da cidade. A Fundação Volkswagen esteve presente com palestras e oficinas sobre o projeto Brincar, realizado em parceria com a OSCIP Mais Diferenças e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME-SP).

“Nosso desafio na educação inclusiva é assegurar que as crianças com e sem deficiência brinquem juntas. É migrarmos da realização de atividades adaptadas para atividades diversificadas, com diferentes formas de fazer. A brincadeira pode ser bilíngue e usar a Língua Brasileira de Sinais, os corredores do refeitório podem ganhar mural para que a criança cadeirante e a criança sem deficiência desenhem juntas”, destacou Carla Mauch, coordenadora-geral da Mais Diferenças, que representou a Fundação VW no evento.

Durante a Jornada Pedagógica, os educadores da rede pública municipal puderam conhecer essas e outras experiências do projeto Brincar.

Sobre o projeto Brincar

O Brincar é um projeto de educação realizado pela Fundação Volkswagen em parceria com a OSCIP Mais Diferenças e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME-SP). Seu objetivo é contribuir para o fortalecimento da qualidade da educação, em uma perspectiva acessível e inclusiva, que envolve a todos: alunos, comunidade escolar e familiares. Ao brincar, a criança fortalece vínculos e desenvolve competências essenciais. O projeto contribui para que o brincar cumpra, também, outro papel fundamental: o da inclusão. Isso acontece independentemente das condições físicas, intelectuais ou sociais das crianças, especialmente no início da trajetória escolar.

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras