Fundação VW participa de evento sobre advocacia pro bono e responsabilidade social

Encontro destacou a importância dessa prática e a experiência de endowment da FVW
Publicado em
Foto: Divulgação

No dia 12 de abril, a Fundação Volkswagen participou do evento “Advocacia pro bono e responsabilidade social: como estruturar um projeto corporativo sustentável”. Organizado pelo escritório Siqueira Castro Advogados e pelo Instituto Maria Clara Siqueira Castro, o objetivo do encontro foi traçar um panorama sobre a prática da advocacia pro bono, ou seja, voluntária, mostrando a importância de projetos já realizados na área.

Na ocasião, Daniela de Avilez Demôro – Diretora-Superintendente da Fundação VW e Diretora de Assuntos Jurídicos da Volkswagen do Brasil – apresentou o painel “Participação do empresariado no terceiro setor”. Em sua fala, ela sintetizou as principais diretrizes estratégicas da FVW e destacou o aprendizado construído ao longo de sua trajetória profissional, que também inclui experiências em previdência complementar e sustentabilidade.

“Atualmente, diante do cenário econômico desafiador e da luta de todo o setor empresarial pela estabilidade de seus negócios, precisamos fortalecer alternativas de longo prazo e inovar nos modelos de relacionamento das empresas com o terceiro setor. Para além da lógica dos benefícios e deduções fiscais, o melhoramento da sociedade através da mobilização de recursos e do trabalho em rede deve ser um compromisso concreto e perene”, afirmou Daniela Demôro ao detalhar a estratégia de endowment da Fundação Volkswagen, mantida com os rendimentos de um fundo patrimonial constituído pela montadora em 1979. Para saber mais sobre o conceito de endowment, acesse o portal da Fundação Getulio Vargas.

Participaram do evento outros representantes de organizações do terceiro setor, como o ex-jogador de futebol Raí Oliveira, um dos criadores da Fundação Gol de Letra.

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras