Presidente da VW América Latina participa de ação na Carreta do Conhecimento

Pablo Di Si recebeu os jovens para um bate-papo sobre a estratégia de eletrificação da empresa, em São Bernardo do Campo
Publicado em
Pablo Di Si (Presidente e CEO da VW América Latina), Daniela Demôro (Diretora-Superintendente da Fundação VW e Diretora de Assuntos Jurídicos da VW do Brasil) e Vitor Hugo Neia (Diretor de Administração e Relações Institucionais da FVW) com alunos e professor na Carreta de Eletroeletrônica Veicular

Em 29 de novembro, a Fundação Volkswagen e a Volkswagen do Brasil uniram-se para uma ação especial que movimentou a planta da montadora em São Bernardo do Campo (SP). Ao longo dia, a Fundação convidou os alunos do SENAI Anchieta, que também são aprendizes da Volkswagen, para conhecerem a Carreta do Conhecimento de Eletroeletrônica Veicular, mantida pela FVW em parceria com o SENAI-SP.

Dentro dela, a primeira turma teve uma surpresa: Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América Latina, recebeu os jovens para um bate-papo sobre a estratégia de eletrificação da empresa. “A indústria automobilística, assim como todas as outras, está num constante movimento de atualização. Estamos caminhando para a nova era da eletrificação e investindo na digitalização”, afirmou ele.

Na sequência, outro atrativo inesperado: do lado de fora, os alunos conheceram o Volkswagen Golf GTE, híbrido plug-in da marca, e testaram novas soluções de micromobilidade, como bicicletas e patinetes elétricos. Durante o dia, mais de 100 aprendizes do SENAI Anchieta tiveram aulas na Carreta, que também ficou aberta para a visita de funcionários da montadora.

Carretas do Conhecimento

As Carretas do Conhecimento são escolas móveis que contam com infraestrutura completa para a realização de cursos de aperfeiçoamento profissional, voltados à empregabilidade. Em 2019, o projeto está presente dos Estados de São Paulo e do Paraná. Em São Paulo, a parceria entre a Fundação Volkswagen e o SENAI-SP prevê beneficiar mais de 800 cidadãos em situação de vulnerabilidade socioeconômica, com 13 cursos gratuitos. Já no Paraná, onde acontece em conjunto com o Governo do Estado, a Volkswagen do Brasil e o SENAI-PR, oito unidades percorrerão 46 municípios paranaenses, com previsão de atender mais de 2 mil pessoas.

 
O conteúdo do nosso site pode ser acessível em Libras usando o VLibras